clicRBS
Nova busca - outros

Notícias

Internet  | 07/04/2009 07h30min

Designer do Twitter diz que site segue o princípio do canivete suíço

Desenvolvedor brasileiro Vitor Lorenço participou em mudanças recentes da ferramenta

Guilherme Neves  |  guilherme.neves@rbsonline.com.br

Encolher, esconder e incorporar. Esta é a tríade de princípios utilizados pelo designer brasileiro Vitor Lorenço ao desenvolver um novo projeto nos Estados Unidos. Que projeto? Nada menos que o xodó das redes sociais: o Twitter. Vitor Lorenço, 21 anos, explica as ideias principais que guiaram o projeto com uma analogia bem simples:

– É o mesmo princípio de um canivete suíço: enquanto você utiliza um recurso, os outros ficam escondidos

O designer já tem sete anos de experiência como designer e um currículo que inclui, além do Twitter, o Yahoo!. A reportagem do clicRBS falou com Lorenço, por e-mail, para saber um pouco mais sobre a sua participação no projeto.

Lorenço, que começou a criar sites por diversão no FrontPage, está dando entrada em um visto de trabalho para dedicar-se mais à carreira de designer nos Estados Unidos. Como ele mesmo diz, vai ser designer full-time na Califórnia.

clicRBS - Como aconteceu o convite para entrada na equipe do Twitter?

Lorenço - Eu recebi o contato do Evan Williams (CEO do Twitter e criador do Blogger) após ele ter visitado o mashup FoodFeed e ter se interessado pelo conceito do serviço e pelo meu trabalho disponível em meu portfólio online. O que chamou a atenção de Evan foi que, apesar de ser um designer, também tenho conhecimentos de programação e domínio holístico de como funciona uma aplicação web.

clicRBS – O que aconteceu depois?

Lorenço - Após trocarmos algumas mensagens, fechamos um contrato de trabalho remoto. Eu deixei para trás a Globo.com, para a qual trabalhei durante dois anos, para me envolver completamente no projeto do redesign do Twitter. Foi uma experiência muito rica: todo o time possuí uma estrutura enxuta que lhe permite colaborar diretamente sem precisar estar presente fisicamente. Acho que esta é uma tendência para as empresas de Internet: não limitar os seus talentos por localidade, e sim, contratar o mais qualificado, independente onde este profissional esteja alocado.

clicRBS -  Você já trabalhou em projetos no Yahoo! também?

Lorenço - Depois do Twitter, tive uma passagem rápida pelo Yahoo!, onde participei como líder de experiência do usuário em um novo projeto que será lançado no Brasil até o final do primeiro semestre. Agora estou voltando para o Twitter e me mudando para a Califórnia para trabalhar como designer full-time.

clicRBS – Como foi o trabalho no Twitter, chegaste a desenvolver as mudanças sozinho ou fazias parte de uma equipe?

Lorenço - Nas últimas semanas eu viajei para São Francisco e pude acompanhar a fase final do projeto (eu fui o único designer envolvido), fazendo os últimos ajustes e acompanhando um pouco do trabalho árduo dos engenheiros em tornar tudo funcional.

clicRBS – E como é a sede do Twitter?

Lorenço - Foi um prazer excepcional poder conhecer o escritório do Twitter, que possui uma arquitetura sensacional e uma atmosfera inspiradora, construída por profissionais extremamente apaixonados e motivados, muitos com passagens pelo Google e Apple.

clicRBS - Quais foram as principais novidades que você implementou?

Lorenço - Procurei simplificar a experiência de uso do Twitter, aplicando alguns conceitos de simplicidade fundamentados pelo John Maeda: encolher, esconder e incorporar. Assim, o serviço não perdeu recursos, mas estes foram distribuídos e agrupados da melhor maneira. É o mesmo princípio de um canivete suíço: enquanto você utiliza um recurso, os outros ficam escondidos. Além disso, encolhi a navegação de conteúdo do usuário, unificando os itens em uma navegação lateral. Já no que refere-se à estética, suavizei algumas linhas divisórias, retirei espaçamentos desnecessários e melhorei a tipografia e acabamento visual dos elementos para deixar a aplicação mais consistente com a identidade visual do Twitter. É válido mencionar também a diminuição no número de requests feitos ao servidor, com uma maior otimização de código e introdução do AJAX para aprimorar o tempo de resposta na utilização do site.

clicRBS - E as novas mudanças?

Lorenço - No momento estamos efetuando diversos testes de interface com uma pequena parcela dos usuários (entre 1% e 25%). Existe sim um campo de busca sendo testado no topo, e outro na lateral do site. Estamos recolhendo os números de utilização para estudar com cuidado qual a melhor implementação deste recurso. Nossa meta é estudar as métricas de uso das novas funcionalidades, de forma a implementar definitivamente a melhor solução possível.

CLICRBS
 
SHOPPING
  • Sem registros
Compare ofertas de produtos na Internet

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2020 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.