clicRBS
Nova busca - outros

Notícias

 | 22/05/2008 09h51min

Panelas dão lugar à lingerie nas despedidas de solteira

Chás de lingerie ganham cada vez mais adeptas

A julgar pela nova mania entre as noivas, o chá de lingerie, a mulher está mais preocupada em ter um bom relacionamento com o marido do que esquentar a barriga no fogão.

Dando uma nova roupagem ao tradicional chá de panelas, no qual as amigas da noiva preparam uma festa para presentear a noiva com artigos para o novo lar, o chá de lingerie brinca com a sensualidade.

Os presentes, claro, são peças íntimas escolhidas pela própria noiva, no tamanho e cores que desejar. É uma despedida de solteira com mais sensualidade e muito bom humor.

Empresários do ramo de roupas íntimas e artigos eróticos contam que o chá de lingerie existe no Brasil há cerca de três anos, e a tendência é que o número de adeptas continue crescendo. Contrariando os versos do compositor Mário Lago, que exalta a Amélia por não ter vaidade, a mulher hoje busca se sentir bonita e satisfeita no relacionamento.

– A noiva quer começar o casamento com o pé direito e não na cozinha. Ela quer decorar a casa do jeito dela e nem sempre ganha os utensílios que gosta. Já as lingeries são escolhidas por ela, não tem erro – diz a empresária do ramo de lingeries e sex shop em Florianópolis Dianês Ferri, que faz chás temáticos para diferentes perfis de mulheres.

Dona de outra loja, Liliam de Castro destaca a influência da mídia no comportamento feminino.

– A roupa íntima tem sido mais divulgada, inclusive as peças masculinas. As mulheres querem o que elas vêem na tevê – observa.

O chá de lingerie, para as mais ousadas, pode incluir artigos eróticos. São cremes para massagem, géis que proporcionam sensações de calor ou frio, dados com desenhos inspiradores e outras opções.

– Antes, o casamento se baseava em panela, geladeira e fogão. Hoje, a mulher quer mais intensidade e intimidade na relação. Oitenta por cento das clientes de sex shop são mulheres heterossexuais, de jovens a senhoras – diz Marcelo Santana, dono de sex shop.

A consultora de relacionamentos – ou sex personal trainer – Sibéle Cristina destaca o diferencial do chá.

– No chá de panela, há brincadeiras pueris, como sujar a noiva com tinta. No chá de lingerie, as convidadas aprendem dicas de sedução e fazem brincadeiras nesse sentido – conta a profissional.

Eles saem ganhando

A festa é só para mulheres, e os presentes são todos para a noiva. Os homens, no entanto, passam de coadjuvantes a personagens principais entre quatro paredes, afinal, são eles os grandes beneficiados com a brincadeira pré-nupcial feminina.

Foi pensando nisso que o futuro marido da administradora Fátima Lúcia Araújo, 30 anos, aprovou e incentivou o chá de lingerie. O noivado do casal será formalizado no final do mês, e Fátima não dispensará uma boa festa para marcar a data.

– Quis algo diferente e moderno – afirma.

Fátima escolheu a decoração com a qual mais se identificou, no estilo tropical, por gostar de praia e coisas naturais. Ela esteve na loja para selecionar as peças que lhe agradam, especialmente nas cores branca e vermelha. As lingeries foram dispostas numa arara no chamado "canto da noiva", identificado com uma foto do casal. A festa será animada pela sex personal trainer Sibéle Cristina.

Há cerca de um mês, a dentista Sílvia Lima, 30 anos, passou pelo ritual. A decoração foi oriental. Ela se vestiu com roupas de gueixa. As cerca de 30 convidadas foram recepcionadas com uma mesa de sushis. Depois da lua-de-mel, no Peru, o marido se considerou o maior ganhador do chá de lingerie.

O casamento não precisou ser no papel para que a estudante Mariana de Deus, 22 anos, tivesse seu chá de lingerie. Às vésperas de ir morar com o namorado, as amigas prepararam uma surpresa.

– Elas sabem que sou liberal e gosto de inventar – afirma.

>> Confira aqui onde fazer a lista para o chá de lingerie

DONNA DC
Como funciona
– A noiva vai até uma loja de lingeries (ou sex shop) e escolhe as peças que mais lhe agradam, no tamanho e cores que preferir. São calcinhas, sutiãs, conjuntos, camisolas, baby-dolls, cinta-liga, etc, nos mais diversos modelos

– Entre os artigos eróticos, há lingeries mais ousadas, fantasias, cremes, géis, dados, brinquedos, vibradores, entre outros

– Fica na loja uma lista com as preferências da noiva. Ela encaminha convites para as amigas e parentes para que comprem as peças naquele estabelecimento específico. A lista é gratuita e a loja ganha na venda das peças

– Algumas lojas oferecem o serviço de confecção dos convites e até decoração do ambiente da festa

– No chá de lingerie, as convidadas podem fazer as mesmas brincadeiras do chá de panelas, com adivinhação dos presentes, contratar profissionais para dar dicas de sensualidade e auto-estima ou performances mais ousadas, conforme o gosto da noiva

– O fator surpresa (sobre a festa, os presentes ou as brincadeiras) pode servir tanto para a noiva quanto para as convidadas
Fonte: consultora de relacionamentos Sibéle Cristina e proprietário de sex shop Eros Store Marcelo Santana
Dicas de sedução
– Estar de bem consigo mesma. O prazer pessoal vem em primeiro lugar, para depois dar prazer ao outro

– Olhar nos olhos é fundamental

– Salto alto é tudo para a sedução, pois empina bumbum e define a musculatura. Dê preferência para o modelo scarpin, com bico fino

– Um banho bem tomado ajuda, sem misturas de aromas de cremes e perfumes, para deixar agir o poder do ferormônio (aroma natural do corpo, que provoca excitação)

– A depilação tem que estar em dia

– Preparar o ambiente com velas aromáticas, iluminação indireta com velas ou abajur, músicas especialmente selecionadas para o momento

– A massagem nunca deve ser feita na cama, sempre no chão, para não prejudicar a coluna. Para o conforto, use um edredon e almofadas. Sempre deve começar pelos pés

– Ser sexy sem ser vulgar. Soltar a felina que há dentro de você, ser tigresa entre quatro paredes

– O sucesso da relação é 50% diálogo e 50% sexo, um aprende com o outro o que gosta

– Não se deve marcar um dia certo para o sexo. A relação deve ser imprevisível, surpreendente e inusitada

– Não chegar subitamente com uma novidade. Isso pode causar conflitos ou levar a gargalhadas de ambos. Deve-se trabalhar a sensualidade em doses homeopáticas, criando um clima, aprofundando a intimidade e só depois ousar mais

– No strip-tease, quanto mais lento, mais erotizado o homem fica. Ele se imagina tirando a roupa da mulher

– Se for fazer uma performance como a pole dance (a dança de Alzira na novela Duas Caras, da Rede Globo), tem que praticar antes. E se doer, disfarce. Na sedução, mesmo sofrendo, tem que sorrir
 
SHOPPING
  • Sem registros
Compare ofertas de produtos na Internet

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2021 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.