clicRBS
Nova busca - outros

Notícias

Debates  | 17/05/2012 20h09min

Desafios para mobilidade urbana foram traçados pelo Floripa Te Quero Bem

As reuniões terminam em 18 de junho e um documento será entregue a candidatos a prefeitos

O movimento Floripa Te Quero Bem começa a se preparar para o próximo encontro, marcado para 30 de maio, quando será debatido o tema planejamento. Enquanto isso, reúne os desafios para a mobilidade em Florianópolis, levantados na última quarta-feira.

Os encontros do comitê já debateram saúde, educação, segurança e mobilidade. O próximo abordará questões relacionadas ao meio ambiente e desenvolvimento urbano e econômico. Cada uma das reuniões tem levantado desafios, traçados com base em indicadores.

No encontro sobre mobilidade foram lançadas cinco questões, entre elas a redução do deslocamento da pessoas, provocado pela centralização de serviços básicos, qualificação do sistema de transporte, para que ele seja mais sustentável e menos poluentes, além de priorização do transporte ativo, como bicicletas e caminhadas, e dos coletivos, que devem ser de qualidade, confortável e com preços acessíveis.

O presidente da Via Ciclo, Daniel de Araújo, acredita que a bicicleta sozinha não é a solução do transporte urbano, mas é parte dela.

— Temos hoje uma demanda reprimida. Mais de 70% das pessoas gostariam de usar a bicicleta no deslocamento urbano. O poder público e a sociedade tem que dar oportunidade para essas pessoas usarem a bicicleta. Como é que vamos fazer isso? Algumas ciclovias, algumas ciclofaixas — ressaltou.

Para Ivo Sostizzo, que tem acompanhado as discussões do plano diretor de Florianópolis, os desafios levantados são questões que passam pelo plano diretor. Ele citou como exemplo a redução de deslocamento, para melhorar a mobilidade urbana. Isso passa por oferta de serviços básicos fora do Centro da cidade.

As soluções para essas questões podem ser levantadas pela própria sociedade. Projetos que abordem os temas debatidos podem ser enviados pela comunidade, pelas empresas e pelos demais setores. Para isso, é preciso acessar a página do movimento na internet. Ao final, um documento será feito e entregue aos candidatos à prefeitura. 

Vídeo: o transporte público na Capital


 
O comitê  
Foi criado pelo Grupo RBS, em parceria com o Instituto Padre Vilson Groh, o Instituto Comunitário Grande Florianópolis e o Instituto Guga Kuerten. Formado por representantes de entidades de classe, sociais e universidades de Florianópolis.

Próximos encontros
30 de maio: Planejamento
18 de junho: Projetos e fechamento

Participe
As sugestões de melhorias podem ser enviadas pela internet pela internet: www.floripatequerobem.com.br 
www.facebook/floripatequerobem

DIÁRIO CATARINENSE

_________________________________

Folheie o caderno lançado pelos jornais do Grupo RBS




_________________________________

Entidades sociais


Conheça algumas ONGs e OCIPs que lutam pela melhoria de Florianópolis


Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2011 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.