clicRBS
Nova busca - outros

Notícias

Mercado  | 29/07/2009 07h10min

Família de funcionário morto após sumiço de iPhone é indenizada

Empregado da Foxconn jogou-se da janela do apartamento após desaparecimento de protótipo

A Foxconn, de Taiwan, concordou em pagar uma compensação à família de Sun Danyong. O funcionário chinês da empresa que fabrica produtos Apple matou-se após ser questionado sobre o desaparecimento de um dos protótipos da quarta geração do iPhone que estavam sob os seus cuidados.

Sun pulou da janela de seu apartamento na semana passada, alguns dias pós o sumiço do aparelho. Ele teria sido interrogado por membros da equipe de segurança da Foxconn.

No interrogatório, o jovem teria sido agredido e insultado pelos seguranças, que negaram a acusação.

O estudante chinês, de 25 anos, deveria enviar 16 iPhones da quarta geração para a Apple nos Estados Unidos.

Com a sua morte, a cultura de mistério e segredo em torno dos produtos da Apple, que incluem uma onda de especulações a cada mínima informação sobre novos produtos, ganhou má notoriedade.

Um representante da Foxconn disse no início da semana que a família de Sun receberia US$ 52.600 de indenização mais US$ 4.385 enquanto um dos pais de Sun viver.

A Foxconn pediu desculpas pelo incidente e suspendeu o chefe da segurança local, responsável pela investigação de Sun.

 
SHOPPING
  • Sem registros
Compare ofertas de produtos na Internet

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2020 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.