clicRBS
Nova busca - outros

Notícias

 | 18/04/2008 12h54min

Acabe de uma vez com a correria

Administre sua vida e aprenda a não perder mais tempo

A sensação de que faltam horas no dia é típica da vida moderna, mas vem perturbando ainda mais as mulheres. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio 2006 (PNAD), realizada pelo IBGE, o número de mulheres chefes de família cresceu 79% em dez anos , passando de 10,3 milhões, em 1996, para 18,5 milhões em 2006. Responsáveis por administrar as rotinas da casa, do trabalho e de toda a família, elas estão gerenciando mal o seu tempo, o que causa frustração e estresse, dizem os especialistas. Para os estudiosos, uma agenda estruturada, prioridades bem definidas e a consciência de que delegar tarefas é preciso podem trazer benefícios para todas. (Faça o teste proposto pelo professor Carlos Maia, da FGV, e veja se você usa o tempo a seu favor no trabalho)

Para Carlos Azevedo Maia, professor do curso de Administração do Tempo da Fundação Getulio Vargas (FGV), apesar de o homem moderno participar mais da vida doméstica, o tempo delas está cada vez mais escasso, por conta do acúmulo de responsabilidades . E a falta de tempo é democrática (Opine: o que você faria com uma hora a mais no seu dia?):

- Não importa a condição social. Mesmo aquelas que contam com uma boa infra-estrutura em casa com pessoas que auxiliam nas tarefas domésticas e no cuidado com os filhos acabam tendo de administrar esses serviços. Aprender a pedir ajuda e compartilhar as responsabilidades é fundamental - destaca Carlos Azevedo Maia.

"Querendo ou não, as relações de família e amizade acabam sendo um pouco sacrificadas. Sou muito apaixonada pelo que faço, mas procuro ser comedida na hora de administrar minha vida (Jeanine Pires, Embratur)"

A presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Jeanine Pires, luta não só para vencer a falta de tempo, mas também contra a distância física que a separa de sua família. Trabalhando em Brasília e com uma agenda repleta de viagens nacionais e internacionais, ela reserva os fins de semana para curtir o marido e os filhos, que moram em Maceió (AL). Ela atribui a realização que alcançou na vida profissional e pessoal à habilidade de organizar a agenda:

- Aprendi a elencar prioridades e hoje, para mim, a família está em primeiro lugar. Por isso, estabeleci uma regra: reservo os fins de semana para descansar e curtir o tempo que temos juntos e não trabalho em casa. No trabalho, divido o que é indelegável do que posso compartilhar com o grupo. Querendo ou não, as relações de família e amizade acabam sendo um pouco sacrificadas. Sou muito apaixonada pelo que faço, mas procuro ser comedida na hora de administrar minha vida. Minha equipe e o apoio de meu marido são fundamentais para que tudo dê certo no fim - revela.

Para amenizar sua ausência, Jeanine Pires transforma suas viagens em aprendizado também para a família. Ela começou propondo aos dois filhos que quem trouxesse informações interessantes sobre o novo lugar que iria visitar ganhava um bom presente. O jogo ajuda a driblar a saudade, conta, e já mobiliza outras crianças da família.

Ser 'boazinha' atrapalha, diz consultor

Para Christian Barbosa, especialista em gestão de tempo e produtividade, diretor executivo da empresa Tríade, especializada em administração do tempo e produtividade, e autor do livro "Você, dona do seu tempo", diz que o que mais prejudica as mulheres no dia-a-dia é a dificuldade de dizer não.

"A mulher é educada para ser boazinha e acaba dizendo mais sim, o que gera um acúmulo de tarefas (Christian Barbosa, da Tríade do Tempo)"

- A mulher é educada para ser boazinha e acaba dizendo mais sim, o que gera um acúmulo de tarefas. Além disso, ela não é competitiva como o homem. Enquanto eles querem poder e status, a maior adversária delas são elas mesmas. A cobrança interna acaba fazendo com que elas passem mais tempo no trabalho, muitas vezes para mostrar sua capacidade profissional para elas mesmas - diz.

Ele conta que realizou uma pesquisa com mais de 4 mil pessoas para investigar se eles conseguiam equilibrar vida pessoal e profissional. Os resultados apontaram que as mulheres têm um volume maior de urgências do que os homens e 58% delas disseram que sua vida está atualmente em desequilíbrio.

- As mulheres hoje incorporam mais papéis, tendo de se mostrar boas mães, filhas e mulheres. Administrando bem a agenda, elas ganham em saúde, qualidade de vida e diminuem a sensação de ansiedade. O mais importante é a realização pessoal. Buscamos mais tempo para conquistar objetivos, metas e sonhos. Isso faz a vida valer a pena: saber que estamos evoluindo e não cumprindo a rotina - completa Christian Barbosa.

"O comportamento multifuncional da mulher, muitas vezes, não é uma virtude (Ruy Quintans, do Ibmec-RJ)"

Para Ruy Quintans, professor de operações e gestão de empresas do Ibmec-RJ, mais do que tentar planejar o futuro minuto a minuto, o essencial é estabelecer foco e prioridades para fazer as atividades caberem em 24 horas. E nisso as mulheres ainda deixam a desejar:

- Administrar bem seu tempo é sinônimo de ter foco. Ninguém consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo. Você precisa viver cada minuto que abre mão à sua revelia. O comportamento multifuncional da mulher, muitas vezes, não é uma virtude - revela.

Mais tempo, mais saúde

Estresse, ansiedade e até depressão são alguns dos transtornos físicos que a má administração do tempo pode causar. Segundo Emanuelle Paulino Papa, psicóloga clínica do Instituto de Psicologia Comportamental (IPC), o estresse tem diversas fases e precisa ser analisado com seriedade:

- A mulher pode chegar à fase de exaustão, cujos sintomas são similares a uma depressão. As conseqüências vão depender do histórico de cada um, mas quem já teve uma depressão pode enfrentar uma reincidência.

Para se prevenir contra os males a que o acúmulo de tarefas associado à má administração do tempo pode levar, o essencial é investir em qualidade de vida, diz a psicóloga.

- Isso implica em ter o tempo do trabalho e o tempo para você. Temos de pensar que somos também um corpo, que precisa de boa alimentação e atividade física, por exemplo. Além disso, é preciso cuidar dos problemas que aparecem, dizer não à sobrecarga, ter boa auto-estima e saber se colocar.

Quanto ao sentimento de culpa e frustração que atinge grande parte das mulheres que sentem que não conseguem administrar sua rotina, a psicóloga diz que é preciso tentar alternativas diferentes no dia-a-dia.

AGÊNCIA GLOBO

Fonte: professor Carlos A. Maia, responsável pelo curso de Administração do Tempo da Fundação Getulio Vargas

A mulher que sabe o que quer porque planeja e controla o seu tempo torna-se privilegiada porque consegue alcançar os seguintes benefícios:
> Maior realização pessoal e profissional; 

> Oportunidades de crescimento e de melhoria contínua; 

> Cumprimento de objetivos e planos;

> Redução de estresse; 

> Melhor satisfação e bem estar; 

> Melhor produtividade e qualidade; 

> Disposição para assumir novos desafios.
Confira as dicas dos especialistas para administrar o tempo e organize sua rotina
 > Estabeleça cerca de cinco metas diárias e mantenha o foco nelas. Essa é uma forma de evitar o desperdício de energia;
> Delegue atribuições. É preciso contar com o apoio também da equipe de casa para otimizar seu tempo;
> Proteja-se dos invasores, ou seja, de tudo o que pode desviar seu foco em objetivos e metas. Isso inclui visitas inesperadas, reuniões não programadas, spams etc.
> Não guarde as atividades do dia na cabeça: anote,no mínimo, a previsão para os próximos três dias. Outra dica: não deixe essa atividade para segunda-feira.
> Compartilhe suas tarefas com a família: fazer um encontro e expor que é impossível uma única pessoa tomar conta de tantas atividades é uma boa saída;
> Ensine a seus filhos estratégias para organizar o tempo deles. Uma agenda programada para brincar, estudar e arrumar o quarto pode facilitar também a sua vida.
Divulgação / 

Mulheres devem aprender a lidar com a falta de tempo
Foto:  Divulgação


Veja mais em Carreira
Comente esta matéria

Notícias Relacionadas

16/04/2008 15h55min
Intuição pode determinar sucesso nas contratações
16/04/2008 14h53min
Busque um remédio para suas dívidas
16/04/2008 14h47min
Não seja analfabeta nas finanças!
16/04/2008 13h29min
Como se comportar no cubículo
 
SHOPPING
  • Sem registros
Compare ofertas de produtos na Internet

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2022 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.