Guia de Saúde em Santa Catarina | hagah SC

Encontre tudo que você precisa para sua saúde no hagah. Clínicas, hospitais, médicos, cirurgia plástica, exames, farmacias, dentistas e muito mais em Florianópolis e em SC.

Buscar por saúde em Santa Catarina:
 

Notícias

Chapecoense perde para Araguaia, mas garante acesso à Série C

Chuva de granizo paralisou o jogo por 10 minutos no Índio Condá

Marcos Castiel  |  marcos.castiel@diario.com.br

Nunca o estereótipo de que Série D se joga com superação foi tão verdadeiro. Sob intensa chuva, com rajadas de granizo que até interromperam o jogo por 10 minutos, a Chapecoense perdeu, por 1 a 0, para o Araguaia e garantiu, mesmo assim, a vaga na Série C do Campeonato Brasileiro. Condição adquirida pelo 2 a 1 favorável no duelo de ida, no Mato Grosso.


Bravura, dedicação e coragem. Adjetivos que não foram privativos dos atletas do Verdão. A torcida pegou junto, cantou nas arquibancadas o tempo todo, mostrando que nem adversário nem intempérie impediriam a Chapecoense de subir um patamar no Nacional. Com a vaga, a Chapecoense ratifica a condição de um dos grandes do futebol catarinense, junto a Avaí, Figueirense, Criciúma e Joinville.

Granizo interrompe partida

Por conta do ambiente hostil, o time de Mauro Ovelha foi tão peladeiro quanto pedia a situação. Só que Fabrício exagerou um pouco na vontade e foi expulso antes dos dois minutos de jogo. Com o gramado encharcado exigindo em dobro fisicamente, foi difícil segurar a pressão do Araguaia, até que aos 26 minutos Vágner também foi expulso. Uma bênção para o time da casa equilibrar as ações.

Em meio a este roteiro, o tempo seguiu aprontando. A partida paralisou aos 25 minutos para resguardar a integridade física dos atletas. Quando recomeçou houve de tudo, menos futebol.

Araguaia acha gol em meio à lama

O segundo tempo começou com o Verdão sabendo que poderia perder até por 1 a 0. Com o regulamento em mente, o técnico Mauro Ovelha colocou Cadu Mineiro na vaga de Giancarlo, para restabelecer o poder de ataque nos lançamentos longos, esta a única forma de jogar. A água impedia troca de bola.

E a chuva? Esta não abandonou o espetáculo. Lavou, literalmente, a alma de uma torcida que demonstrou coragem para qualquer situação. Quem não arredou pé diante de uma tarde/noite tão maluca está preparado para qualquer novo desafio na Série C.

A chuva não era o único obstáculo, pois o Araguaia, com Valtinho, aos 33 minutos, achou um gol em meio à lama. Drama do início ao fim. Tensão sob o dilúvio. Ao final, êxtase e a dança da chuva do Índio do Oeste.

Sabe quando parou de cair água? Tão logo houve o apito final, aos 48 minutos da segunda etapa. Uma pausa para a incrível festa que começou no estádio e tomou as principais avenidas da cidade.

>>> Não deixe de conferir o blog do Castiel


FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE (0)
Nivaldo; Anelka, Kléber Goiano, Silvio Bido; Luís André, Cadu Gaúcho, Fabrício, Cristiano, Aelson (Cristiano); Giancarlo (Cadu Mineiro), Rogério (Émerson Cris).
Técnico: Mauro Ovelha

ARAGUAIA (1)
Flávio Mendes; Marinho, Luís Carlos, Fabão; Danilo, Valtinho, Alessandro, Gaúcho, Vágner; Dinei e Deivid (Abimael).
Técnico: Marcos Birigui

Gol: Valtinho, aos 33 minutos do segundo tempo.

Amarelo: Danilo e Deivid (A), Cadú (C).

Vermelhos: Fabrício (C) e Vágner (A)

Arbitragem: Márcio Chagas da Silva, auxiliado por Alexandre Kleiniche e Júlio César Rodrigues (trio do RS)

Local: Estádio Regional Índio Condá, em Chapecó.

DIÁRIO CATARINENSE

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS