Guia de Saúde em Santa Catarina | hagah SC

Encontre tudo que você precisa para sua saúde no hagah. Clínicas, hospitais, médicos, cirurgia plástica, exames, farmacias, dentistas e muito mais em Florianópolis e em SC.

Buscar por saúde em Santa Catarina:
 

Notícias

Cativa/Santa Catarina vence São Bernardo e conquista a Liga Nacional Feminina de vôlei

Equipe catarinense venceu o time paulista por 3 sets a 2

Em uma partida emocionante, o título da Liga Nacional Feminina 2009 ficou com a Cativa/Santa Catarina (Pomerode/Brusque). A equipe de Santa Catarina venceu a batalha de cinco sets e 2h42min contra o São Bernardo por 3 a 2 (24/26, 25/19, 21/25, 29/27 e 19/17) e ficou com a medalha de ouro da competição, disputada no ginásio Poliesportivo de Juazeiro do Norte (CE). O terceiro lugar ficou com o Rio do Sul, que venceu a Fênix do Rio Verde (GO) por 3 sets a 1 (25/21, 20/25, 25/8 e 25/13), em 1h35.

Disputada desde 2002, a Liga Nacional já viu outras quatro equipes femininas catarinenses subirem ao lugar mais alto do pódio: a Buettner Vôlei, em 2003, a Furb/BluVôlei, em 2005, a Cimed/Brasil Telecom, em 2006, e a Brusque/Brasil Telecom, em 2007.

— Foi um grande jogo. Fizemos um estudo sobre a equipe do São Bernardo e conseguimos desenvolver uma boa tática para enfrentá-las. Estivemos em situações bastante adversas ao longo do jogo, mas não desistimos nunca. Mas esta vitória não nos ilude. Estamos apenas iniciando o projeto e ainda temos muito a melhorar — comenta o técnico Rogério Portela.

Na decisão, o treinador lançou mão de duas de suas mais jovens atletas, a levantadora Flavia, de 19 anos, e a oposto Tandara, de 20, que tiveram desempenho determinante na vitória. A atacante do time catarinense e campeã mundial infanto-juvenil em 2005 e juvenil em 2007, marcou 18 pontos no jogo e foi a maior pontuadora da equipe na final, com dois a menos que a central Bia, do São Bernardo.

— Essa é a minha função na equipe. Não participo da recepção justamente para ficar livre para vir com tudo na hora do ataque. Quando a bola sobe na minha frente, tenho que bater com força nela — brinca a oposto, que prevê uma grande evolução da equipe até a Superliga.

O desempenho da atacante rendeu elogios até do técnico rival, José Alexandre Devesa:

— Foi um jogo muito estudado dos dois lados. No final, a Tandara foi praticamente perfeita e fez a diferença. É uma jogadora de nível de seleção brasileira. Mas saio satisfeito com a minha equipe. Fizemos uma ótima final e um belo papel na Liga Nacional — comenta.

Aos 19 anos, a levantadora Flavia substituiu a capitã Karine e deu conta do recado. Comandando a equipe com personalidade, a jovem promessa deu outro ritmo aos ataques catarinenses.

— Entrei bastante tranqüila, concentrada em ajudar a equipe da melhor maneira possível. Procurei colocar todas as atacantes para jogar, pois esta é a principal função de uma levantadora — comenta a jovem levantadora.

O desempenho da dupla satisfez ao técnico Rogério Portela, que comemorou o fato de tê-las no grupo.

— É muito gratificante ver que tenho no elenco duas jovens como a Flavia e a Tandara, que é um pouco mais rodada. São jogadoras capazes de resolver uma partida — vibra o treinador.

CLICESPORTES

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS