Guia de Saúde em Santa Catarina | hagah SC

Encontre tudo que você precisa para sua saúde no hagah. Clínicas, hospitais, médicos, cirurgia plástica, exames, farmacias, dentistas e muito mais em Florianópolis e em SC.

Buscar por saúde em Santa Catarina:
 

Notícias

Renan lembra da hepatite ao comemorar convocação

Goleiro diz que presença na lista olímpica é a realização de um sonho

Após o treino desta tarde, no Beira-Rio, Renan recebeu a grande notícia da convocação para os Jogos Olímpicos de Pequim. O goleiro do Inter é o único jogador em atividade no Rio Grande do Sul que vai defender o Brasil na China. Na sua primeira entrevista após a divulgação da lista, dedicou a vitória pessoal aos colegas e lembrou da doença que o tirou dos campos por dois meses neste ano:

— É uma vitória não só minha, mas de todo o grupo, de ter um representante lá. É a realização de um sonho. Para mim, é muito importante estar no grupo que vai em busca dessa medalha. Fico feliz de ter conquistado isso com todos os contratempos que tive este ano, desde a hepatite.

Renan saudou o fato de jogar ao lado dos ex-colegas de Inter Rafael Sobis e Alexandre Pato, além de craques consagrados como Ronaldinho e Robinho. O rival Léo, do Grêmio, não foi chamado.

— São amigos que a gente vai criando no futebol. Fico feliz de estar dentro de um grupo de jogadores consagrados. Se estou lá é porque mereci. Agora vem a parte mais complicada, que é trabalhar lá dentro para fazer as coisas acontecerem.

O goleiro do Inter elogiou ainda o concorrente na busca pala vaga de titular. Diego Alves joga pelo Almería, da Espanha.

— É um grande goleiro. Já tive oportunidade de trabalhar com ele na seleção sub-20. Saiu do Brasil, conseguiu se firmar no futebol europeu e aparecer por um clube de menor expressão. Quem ganha com isso é a Seleção Brasileira.

O Brasil está no Grupo C do futebol olímpico. Estréia na competição em 7 de agosto, contra a Bélgica, enfrenta a Nova Zelândia no dia 10 e conclui a participação na primeira fase no dia 13, contra a China.

Confira a lista completa:

Goleiros
Diego Alves (Almería)
Renan (Internacional)

Laterais
Rafinha (Schalke)
Ilsinho (Shakhtar Donetsk)
Marcelo (Real Madrid)

Zagueiros
Breno (Bayern de Munique)
Alex Silva (São Paulo)
Thiago Silva (Fluminense)

Meio-campistas
Anderson (Manchester United)
Lucas (Liverpool)
Ronaldinho Gaúcho (Barcelona)
Diego (Werder Bremen)
Hernanes (São Paulo)
Thiago Neves (Fluminense)

Atacantes
Alexandre Pato (Milan)
Jô (Manchester City)
Rafael Sobis (Bétis)
Robinho (Real Madrid)

Coleção de fracassos
Atlanta (1996) - Medalha de bronze, após eliminação nas semifinais pela Nigéria. Assegurada a vaga no Pré-Olímpico, o técnico Zagallo pediu e levou quatro amistosos. Não perdeu nenhum: Croácia (1 a 1), Polônia (3 a 1), Dinamarca (5 a 1) e seleção da Fifa (2 a 1). Mas na hora que valia mesmo, nos restou o terceiro lugar. O time tinha Ronaldo, Roberto Carlos e Juninho Paulista (até 23 anos). Rivaldo, Aldair e Bebeto eram os "velhos".

Sydney (2000) - Eliminação nas quartas-de-final para Camarões, na "morte súbita". Houve preparação até para o Pré-Olímpico, vencido pela seleção brasileira, com amistosos contra Trinidad e Tobago (7 a 0) e Costa Rica (4 a 1). Um mês antes dos Jogos, o time do técnico Wanderley Luxemburgo chegou a jogar duas vezes na Austrália, buscando melhor adaptação.

Atenas (2004) - Fiasco total do time treinado por Ricardo Gomes. Eliminado no Torneio Pré-Olímpico de Viña del Mar, no Chile, o futebol brasileiro nem foi à Grécia.

Pequim (2008) - É a pior preparação dos últimos tempos. Ninguém tem idéia de qual será o time do técnico Dunga. Em dezembro de 2007, o time enfrentou a seleção dos melhores do Brasileirão e perdeu por 3 a 0. Em junho deste ano, venceu um combinado carioca desfalcado por 1 a 0. A vaga em Pequim veio com o título sul-americano sub-20, no Paraguai.

Países classificados
Argentina, Brasil, China, Holanda, Sérvia, Bélgica, Itália, Camarões, Nigéria, Costa do Marfim, Austrália, Japão, Coréia do Sul, Estados Unidos, Nova Zelândia e Honduras.
Grupo C: Bélgica, China, Nova Zelândia e Brasil.

Você sabia?
- Os melhores resultados brasileiros foram as medalhas de prata em Los Angeles (1984), usando o time do Inter como base, e Seul (1988), com um ataque formado por Bebeto e Romário.

- O Brasil é o país sul-americano com mais participações: 10 no total. Até Sydney-2000, foram 42 jogos, 23 vitórias, quatro empates e 14 derrotas, com 81 gols marcados e 43 sofridos.

RÁDIO GAÚCHA

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS