Notícias

 | 13/08/2010 12h08min

Crise gremista afeta presença de público no Olímpico

Número de torcedores nos jogos do Brasileirão é inferior a 2009

Ana Acker - clicEsportes  |  ana.acker@rbsonline.com.br

No dia 8 de abril, o Pelotas quebrou uma invencibilidade de 51 jogos do Grêmio no Olímpico, eliminando o time da Taça Fábio Koff. A casa do Tricolor sempre foi sinônimo de força diante dos adversários. No entanto, a derrota por 2 a 0 para o Goiás, na noite desta quinta, mostrou que nem o calor da torcida consegue fazer o Grêmio se impor. Além disso, o público nas arquibancadas tem diminuído: mesmo com a estreia de Renato, apenas 12.788 pagantes assistiram ao confronto pela Sul-Americana.

O Tricolor disputou seis jogos em casa pelo Brasileirão e um pela Sul-Americana. Com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, o time tem um aproveitamento de 38% em seus domínios. É pouco para que ficou mais de um ano invicto no Olímpico. Em nenhuma dessas partidas, o público rompeu a barreira dos 20 mil no estádio. Para o editor de Zero Hora, David Coimbra, a torcida diminuiu em razão do comportamento que tem visto em campo:

– Mudou a caracterísrica do time, isso ocorre desde o Autuori. É um time frio, meio que sem compromisso. Os torcedores veem isso e se irritam com esse tipo de postura – declarou.

Com a chegada do Renato, a direção tem enfatizado o discurso da garra tricolor. Segundo David, isso foi o que sempre fez a diferença para o time em casa.

– O Grêmio era invencível no Olímpico, porque havia a diferença da garra. O Renato vai precisar mais do que isso. Tem que chegar uns caras novos que não estejam envolvidos nesse ambiente. Com outra mentalidade, vencedora. O ideal seria contratar uns três, quatro ao mesmo tempo – salientou.

Na Rede: A torcida abandonou o Grêmio?

Apesar da necessidade de reforços, David Coimbra não vê o grupo do Grêmio muito abaixo dos outros do Brasileirão. O que tem atrapalhado é a ansiedade pela situação complicada na tabela.

– Caras como Victor, Jonas, Borges, Souza seriam titulares em qualquer equipe. Só com vitória para recuperar a confiança – observou.

A equipe do técnico Renato se reapresenta aos trabalhos às 15h30min desta sexta. O Grêmio encara o Goiás, às 18h30min deste domingo, no Olímpico, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Jogos do Grêmio em casa após 13 rodadas do Brasileiro e Sul-Americana:
12/08 - Grêmio 0x2 Goiás
Público do Olímpico - 12.788 pagantes

08/08 - Grêmio 1x2 Fluminense
Público: 12.001 (10.221 pagantes)

21/07 - Grêmio 1x1 Vasco
Público: 4.820 (4.076 pagantes)

14/07 - Grêmio 1x1 Vitória
Público: 8.359 (7.455 pagantes)

03/06 - Grêmio 2x1 Atlético-MG
Público: 14.605 (12.473 pagantes)

26/05 - Grêmio 3x0  Avaí
Público: 9.220 (8.049 pagantes)

16/05 - Grêmio 1x2 Corinthians
Público: 17.119

Jogos do Grêmio em casa após 13 rodadas do Brasileiro 2009 e Libertadores:
25/02 - Grêmio 0x0 Universidad de Chile
Público: 33.431 (30.721 pagantes)

10/05 - Grêmio 1x1 Santos
Público: 44.548 (24.309 pagantes)

24/05 - Grêmio 2x0 Botafogo
Público: 29.665 (25.894 pagantes)

04/06 - Grêmio 3x0 Náutico
Público: 10.793 (9.215 pagantes)

20/06 - Grêmio 2x2 Goiás
Público: 16.581 (14.481 pagantes)

05/07 - Grêmio 4x1 Atlético-PR
Público: 12.718 pessoas (11.465 pagantes)

12/07 - Grêmio 3x0 Corinthians 10 rodada
Público: 33.688 (30.071 pagantes)

19/07 - Grêmio 2x1 Inter
Público: 40.020 pessoas (36.046 pagantes)

Fonte: Zero Hora

CLICESPORTES

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2011 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.