Notícias

 | 11/04/2010 18h06min

Vagner Love garante classificação do Flamengo à final da Taça Rio

Atacante marcou os gols da vitória por 2 a 1 sobre o Vasco

Vágner Love garantiu a classificação do Flamengo para a final da Taça Rio. O atacante marcou os dois gols rubro-negros na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco, na tarde deste domingo no Maracanã, pelas semifinais do segundo turno do Campeonato Carioca. O segundo foi de pênalti, sofrido por Leo Moura. Thiago Martinelli descontou.

Agora, o Flamengo terá outra missão: impedir no próximo domingo o título do Botafogo nos dois turnos, feito este conseguido com êxito pelo Rubro-Negro na última temporada.

Com Carlos Alberto, recém-recuperado de lesão na coxa esquerda, no banco e vestido pela terceira camisa do clube, o Vasco iniciou a partida cheio de energia em busca de abrir o placar. Logo aos 5min, o Cruzmaltino colocou a bola na rede, mas de forma irregular. Márcio Careca desarmou a defesa rubro-negra e lançou pela esquerda para Elton, que deslocou Juan com falta e cabeceou para o fundo das redes. O atacante até saiu para comemorar, mas a infração foi marcada e o placar ficou igual.

Aos 11min, Bruno Mezenga serviu Vagner Love em profundidade e viu o companheiro concluir para meta. Mesmo com o desvio de Titi, a bola encontrou o endereço do gol.

Em vantagem, o Flamengo dominou as ações no meio de campo e continuou cauteloso na zaga. Por sua vez, o Vasco prosseguiu em busca do gol e mesmo sem exercer a pressão dos primeiros minutos foi recompensado. Aos 30min, Thiago Martinelli apareceu entre os zagueiros do Flamengo e cabeceou firme no canto direito de Bruno, empatando a partida.

O segundo tempo iniciou com pressão rubro-negra. O técnico do Vasco, Gaúcho, decidiu sacar Dodô e mandar Carlos Alberto para campo. O time cruzamaltino reagiu e chegou a carimbar a trave rubro-negra aos 19min, com Philippe Coutinho. A partida aos poucos ganhou contornos dramáticos, com as duas equipes unicamente em busca do gol.

Abertos na contenção, Flamengo e Vasco trocavam jogadas de ataque entre si, até Márcio Careca derrubar Leonardo Moura na área. Pênalti. Na batida, aos 26min, Vagner Love deslocou Fernando Prass com categoria e deixou o Rubro-Negro próximo da classificação. Na comemoração, os jogadores foram para perto da torcida.

Sem nada a perder, o Vasco foi de vez para frente e ficou ainda mais animado com a expulsão de Juan, aos 33min. Na base da vontade, o Cruzmaltino atacou ao máximo, mas parou na consistente defesa rubro-negra. Durante os momentos finais, Thiago Martinelli ainda foi expulso, terminando assim com o sonho vascaíno de chegar à final da Taça Rio.

LANCEPRESS

Grupo RBS  Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2011 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.