Samba-enredo

Dragões contra a dengue

Divulgação

Letra: Digão, Edivan Fra e Fernando Orso Alves

Cuidado meu vizinho... Ele está chegando ai!

Estava em barris de água

Navio negreiro fez ele chegar aqui

Se hoje a Dengue, é epidemia

A dragões vai combater com saúde e alegria

Pra essa doença não existe vacina

O melhor remédio é educar

Limpar pneus, vasos e garrafas

Dengue to fora, dengue aqui não tem lugar

Epa, Epa meu vizinho, cuidado com a picadura

O mosquito é danado, aedes ninguém segura

O fumacê, sai da boca do Dragão

Dando o recado essa é a minha missão

Meu Brasil querido, é hora de cuidar

Areia no vaso da flor, o café do coador

Salve Oswaldo Cruz, que contra a dengue, foi pioneiro

Conscientizou (eu vou conscientizar)

Água parada não pode ficar.

Estou pedindo atitude (é uma questão de saúde)

Amor é melhor cuidar

Quero ver sacudir, a galera gritar

Sou vermelho e branco, acabei de chegar

A Dragões do Grande Vale, vai contaminar você

Solta o grito da garganta que agora é pra valer

 
SHOPPING
  • Sem registros
Compare ofertas de produtos na Internet

Grupo RBS Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Anuncie | Trabalhe no Grupo RBS - © 2010 clicRBS.com.br • Todos os direitos reservados.