clicRBS
Nova busca - outros
 
Enquete
Notícias
09/10/2007 21h03minAcidentes com ônibus e carretas fazem pelo menos 26 vítimas em Santa CatarinaEquipes de socorro acabaram atingidas por uma terceira carreta enquanto realizavam o resgate

Atualizado às 4h15min

Dois acidentes em um mesmo local deixaram pelo menos 26 mortos na noite desta terça-feira em Santa Catarina, confirmou o Instituto Médico Legal de São Miguel do Oeste. Os hospitais da região afirmaram ter recebido pelo menos 98 feridos.

O primeiro acidente ocorreu por volta das 19h30min, nas proximidades de Descanso, no extremo oeste do Estado. Um ônibus da empresa BRTur que transportava 42 pessoas se chocou com uma carreta na BR-282.

O coletivo viajava de Chapecó para São José do Cedro, município localizado entre São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira.

Com a colisão, os dois veículos caíram em uma ribanceira e pegaram fogo, segundo Cléber Castagna, produtor da Rádio Peperi de São Miguel do Oeste.

De acordo com a emissora Peperi, o motorista da carreta, com placas de Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul, e que transportava soja, fazia ultrapassagem em uma curva e atingiu o ônibus de frente.

Os passageiros do ônibus haviam participado de um show na Exposição Feira Agropecuária, Comercial e Industrial (Efapi), em Chapecó. Entre os mortos no acidente, pelo menos seis estavam no coletivo da WR Turismo, de São José do Cedro. Uma outra vítima foi o motorista da carreta.

Com a colisão, além dos policiais rodoviários e dos bombeiros, outras pessoas pararam para observar a tragédia.

Cerca de uma hora e meia após o primeiro acidente, outra carreta, carregada de açúcar, acabou atingindo os veículos parados na rodovia, inclusive as equipes de resgate. Pelos menos três bombeiros ficaram presos às ferragens e duas pessoas morreram nesse segundo choque: um PM de Iraceminha, segundo informações da Rádio Progresso, de Descanso, e um cinegrafista da RBS TV.

Segundo relato do repórter Marcos Meller, da rádio Peperi, que presenciou o segundo acidente, o caminhão responsável pela colisão trafegava por uma faixa de pista reservada para o trânsito de ambulâncias, em alta velocidade, já que a estrada estava congestionada por pelo menos 4 quilômetros.

Várias pessoas foram atropeladas. As vítimas foram levadas para pelo menos cinco hospitais da região. O Hospital Vitória Missen de São Miguel do Oeste recebeu, até as 3h30min, pelo menos 35 feridos. Pacientes em estado grave foram transferidos para o Hospital de Pronto Socorro de Chapecó, onde havia três internados até este horário.

O Hospital São José de Maravilha atendeu 17 feridos, o de Pinhalzinho recebeu oito e o Hospital de São Miguel, 35.

Multimídia
Ouça o depoimento do fotógrafo Jorge Hajdasz
Saiba Mais