eleições 2008

 

 
3 de dezembro de 2021
 

Eleições 2008 | 11/07/2008 | 14h06min

Sem acordo, Justiça deverá definir tempos de propaganda em Caxias

Decisão deve resolver impasse entre PT e PMDB

Felipe Chemale | felipe.chemale@rdgaucha.com.br

Está previsto para a próxima terça-feira o anúncio da decisão da juíza Dulce Opptiz, da Zona Eleitoral 169 de Caxias do Sul, sobre o pedido do PT para que seu candidato, Pepe Vargas, tenha o mesmo tempo em propagandas eleitorais de rádio e televisão que José Ivo Sartori, do PMDB.

Pela divisão do tempo da propaganda estabelecida, José Ivo Sartori, que reuniu 14 partidos na Coligação Caxias Para Todos, terá 21 minutos do tempo da propaganda, que é de meia hora, contra menos de nove de Pepe Vargas.

Por isso, a Frente Popular ingressou com ação pedindo igualdade no programa, e também no número de inserções de 30 segundos. A juíza e o promotor Luis Carlos Prá, do Ministério Público, tiveram reuniões com as coordenações jurídicas das duas candidaturas, e propuseram acordo, mas os apoiadores de Sartori não admitem ceder tempo.

Pela primeira vez desde 1996, quando ultrapassou os 200 mil eleitores, a cidade não terá segundo turno, porque apenas dois candidatos vão concorrer.

 

 

Comente esta matéria

Notícias Relacionadas

Confira no eleicoes2008.com.br outras notícias relacionadas com esta matéria

Grupo RBS

Dúvidas Freqüentes | Fale conosco | Anuncie - © 2000-2008 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.