eleições 2008

 

 
7 de dezembro de 2021
 

Municípios do RS | 28/06/2008 | 00h13min

Chapa de oposição é homologada em Caxias do Sul

Deputado federal Pepe Vargas (PT) e a sindicalista Abgail Pereira (PC do B) estão na disputa pela prefeitura

Vania Espeiorin | vania.espeiorin@jornalpioneiro.com.br

O deputado federal Pepe Vargas (PT), 49 anos, e a sindicalista Abgail Pereira (PCdoB), 47, receberam, na noite de sexta-feira, a aclamação dos diretórios de ambas as siglas para concorrerem a prefeito e vice-prefeita de Caxias.

A dobradinha de oposição já tinha sido anunciada na semana passada e, nesta sexta-feira, foi confirmada. Nas convenções, os comunistas e petistas também homologaram a aliança com o PMN e o recém-reativado PSL, reeditando uma nova versão da Frente Popular.

Outro item votado foi a lista de 29 candidatos à eleição proporcional. Pelo PT, 20 nomes concorrem a vereador. Do PCdoB são mais oito concorrentes e do PMN, um.

O PSL, por ter sido retomado só agora, não pôde apresentar candidaturas. Todos os nomes serão publicados pelo jornal Pioneiro na edição de terça-feira.

Logo após Pepe e Biga, como Abgail é conhecida, terem sido aclamados com palmas e gritos da militância, o líder do PT, Ansélio Brustolin, convidou-os para o pronunciamento oficial. Biga foi a primeira a falar. Disse que a chapa tem trajetória de luta e sempre esteve ao lado dos trabalhadores e mulheres.

— Somos partidos de idéias e ação. Caxias pode mais. Não basta construir elefante branco, queremos gente que atenda o povo. Não basta construir prédio, queremos uma sociedade mais humana e socialmente justa — discursou a comunista, dando idéia do embate que a oposição estabelecerá contra a situação.

Biga angariou aplausos dos militantes petistas, que, em coro, gritaram forte "É Frente Popular para Caxias avançar". Pepe prosseguiu no mesmo tom. O petista afirmou que, se eleito, pretende "retomar as políticas sociais que foram abandonadas", priorizar a saúde, a política de segurança preventiva e implantar o planejamento participativo.

— Caxias perdeu a condição do prefeito Amigo da Criança. Está aí um governo que acha que só fazendo obra atende a população. O papel da administração não é só pensar o espaço como reprodução do lucro. É preciso pensar a cultura do povo, pensar as funções maternais de reprodução da vida, com carinho e amor. Nosso governo vai inaugurar pessoas para construir uma cidade melhor — prometeu Pepe.

O petista disse que olhará para o que fez no passado, mas avançará ainda mais em sintonia com o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Pepe citou as melhorias que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Programa de Arrendamento Residencial (PAR), lançados pelo Planalto, trouxeram para o município. O candidato à prefeitura pelo PT acrescentou não ter dúvida de que, se eleita, a Frente Popular poderá desenvolver uma gestão ainda melhor do que já fez.

— Quem não lembra de como eram os bairros e a condição de saúde do povo de Caxias antes da Administração Popular? Nós vamos relembrar essa luta, mas vamos avançar — garantiu, estimulando a militância a se engajar na campanha.

Ao final do discurso, Pepe convidou a platéia que o aclamou para se dirigir à sede do PCdoB, que fica a duas quadras do diretório petista, para comemorar com os comunistas o lançamento oficial da chapa de oposição em Caxias.

 

 

Comente esta matéria

Mais Notícias

Grupo RBS

Dúvidas Freqüentes | Fale conosco | Anuncie - © 2000-2008 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.