eleições 2008

 

 
21 de maio de 2022
 

Eleições 2008 | 18/06/2008 | 18h51min

Folha, Abril e Marta recorrem de multa por propaganda antecipada

Publicações foram punidas por divulgar entrevistas com a pré-candidata a prefeita de SP

A pré-candidata do PT à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, o jornal "Folha de S.Paulo" e a Editora Abril recorreram nesta quarta-feira da decisão do juiz Francisco Shintate, que multou os três por propaganda eleitoral antecipada, segundo informou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo.


As multas foram aplicadas por conta de entrevistas com a pré-candidata publicadas pelo jornal e pela revista "Veja São Paulo", editada pela Abril. O juiz julgou as entrevistas como propaganda antecipada. Marta recebeu multa de R$ 42,5 mil e as empresas, de R$ 21,2 mil cada.


A Aner (Associação Nacional de Editores de Revistas) divulgou nota nesta quarta em que critica a decisão do juiz eleitoral. "A publicação de matérias jornalísticas com candidatos a cargos eleitorais jamais poderá ser considerada propaganda eleitoral, uma vez representar direito e dever da imprensa, consagrados pela Constituição Federal, de bem informar seus leitores para que estes possam exercer livremente a cidadania, representada pelo direito do voto", diz a nota.


As informações são do site G1.



 

 

Comente esta matéria

Notícias Relacionadas

Confira no eleicoes2008.com.br outras notícias relacionadas com esta matéria

Grupo RBS

Dúvidas Freqüentes | Fale conosco | Anuncie - © 2000-2008 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.