clicRBS
Nova busca - outros
 

eleições 2008

 

 
20 de abril de 2019
 

Interior | 25/08/2008 | 10h55min

Governo Sartori tem 89,8% de aprovação pela Fato Pesquisa

Prefeito de Caxias do Sul melhorou em relação ao levantamento de julho

No levantamento realizado pela Fato Pesquisa Social e Mercadológica com 800 eleitores de Caxias do Sul nos dias 20 e 21 de agosto, o prefeito José Ivo Sartori (PMDB) atingiu 89,8% de aprovação (soma dos índices ótimo, bom e regular). No estudo feito em julho, o prefeito tinha 89,5%, ou seja, aumentou 0,3 ponto percentual.


O índice de pessoas que apontam a opção ótimo ao avaliar o governo do peemedebista caiu de 12,5% no mês passado para 12% no levantamento deste mês. No entanto, na opção bom, o prefeito subiu de 45,6% para 46,8%. Os índices de ruim e péssimo são, em agosto, 4,4% e 3,9%, respectivamente. Em julho, somavam 4,1% e 4,0%.


Comparando esses números com a avaliação que os caxienses fazem das administrações da governadora Yeda Crusius (PSDB) e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Sartori pode comemorar. Até mesmo o petista, que consegue sair ileso de sucessivos escândalos em Brasília, está atrás do prefeito em aprovação. Sartori, com seus 89,8%, está mais de 13 pontos percentuais à frente de Lula, que soma 76,1%. Em relação a Yeda, a situação é ainda mais confortável, já que a aprovação do governo da tucana atinge 53,1%.


Em relação aos itens ruim e péssimo, o maior índice é de Yeda. Somando essas duas opções, a governadora chega a 41,3% de reprovação. O presidente Lula tem 22,6%, e Sartori, 8,3%.


No comparativo com o levantamento feito em julho, Yeda subiu de 47,9% para 53,1% de aprovação em Caxias do Sul. Lula melhorou menos: de 75,3% para 76,1%. Na reprovação, os dois evoluíram. Yeda subiu 6,1 pontos percentuais, e Lula, 0,7.

 

O PIONEIRO

 

Comente esta matéria

Notícias Relacionadas

Confira no eleicoes2008.com.br outras notícias relacionadas com esta matéria

Grupo RBS

Dúvidas Freqüentes | Fale conosco | Anuncie - © 2000-2008 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.