clicRBS
Nova busca - outros
 

eleições 2008

 

 
24 de maio de 2022

A capital dos catarinenses continua sendo um dos destinos preferidos de turistas brasileiros e estrangeiros. De acordo com levantamento da Santur, órgão do turismo do governo do Estado, em 2007, Florianópolis recebeu quase 640 mil turistas brasileiros e cerca de 143 mil estrangeiros, atraídos especialmente pelas belezas naturais e pela gastronomia típica da cidade.

Mas de uns anos para cá, a economia de Florianópolis registrou uma renovação com o crescimento do setor de tecnologia da informação. Atualmente, as empresas desse setor formam o grupo que mais fatura e o segundo que mais paga Imposto Sobre Serviços (ISS) no município. Dados do Departamento de Tributos da Secretaria Municipal da Receita do município, o setor de tecnologia da informação faturou em 2007, aproximadamente R$ 476 milhões, o que representa uma evolução de 48% em relação a 2006. Para o município, esse crescimento representou R$ 9,9 milhões em ISS em 2007 e outros R$ 9,2 milhões em 2006, quando a tecnologia foi a atividade organizada que mais arrecadou o tributo sobre serviços em Florianópolis.

Com a economia nos trilhos, a nova administração terá o desafio de garantir a qualidade de vida que atrai não só turistas, mas também novos moradores. Neste sentido, a cidade tem de avançar em pontos essenciais que certamente estarão em pauta na campanha eleitoral. No sistema de transportes, por exemplo, mesmo com a inauguração de obras como os elevados do Itacorubi e de Capoeiras, Florianópolis necessita de alternativas para evitar a saturação no trânsito nas principais vias e, sobretudo, nas pontes Colombo Sales e Ivo Silveira. Ainda que dependa do governo do Estado para o financiamento, é preciso priorizar as negociações e dar andamento aos projetos já propostos, como linhas de metrô e transporte marítimo.

Outro grande desafio da cidade é frear o crescimento desordenado. Para isso, será necessário evitar as invasões nos morros, corriqueiras nas principais capitais do país, combatendo, por tabela, a atuação e a expansão do tráfico de drogas nestas localidades. A gestão atual da capital catarinense enfatizou o plano diretor para padronizar as construções na cidade. Resta saber se a fiscalização é e continuará sendo adequada e eficiente.

 

Dados Gerais:

Perfil

  • Prefeito: Dário Berger (PMDB)

    Vice-Prefeito: Rubens Carlos Pereira Filho (PSDB)

    População: 396.723 (IBGE, 2007)
    Eleitores: 301.967(TRE-SC / julho 2008)
    Localização: Região Leste do Estado
    Área: 433 quilômetros quadrados

    Densidade demográfica:
    PIB: 6.259.393 (2005)
    PIB per Capita: R$ 11.071 (2004)

Arrecadação

  • Receita média mensal: R$ 80.254,827 milhões (2008)
    Despesas mensal com investimentos: R$ 19.621,950 milhões (2008)
    Despesas mensal com pessoal: R$ 23.135,620 milhões (2008)

    Orçamento previsto para 2008: R$ 963.057,929

Educação

  • Rede municipal
    Creches: 60
    Escolas: 108
    Alunos: 26.241
    Professores: 272

    Rede estadual (2007)
    Creches: 6
    Escolas: 67
    Alunos: 32.397
    Professores efetivos (em 2006): 1.769

    Fonte: Secretaria Estadual de Educação

Esgoto

  • Coleta: 49% de cobertura

    Tratamento: 24.062 ligações

    Fonte: Casan

Funcionalismo Público

  • Servidores Ativos: 6.989
    Aposentados: 1.003
    Pensionistas: 150

Prédio de prefeitura

  • "Florianópolis é a única Capital do país que não tem sede". Essa é uma das principais reclamações do atual prefeito Dário Berger. O prédio onde há quase três anos está instalado o gabinete do prefeito (na Rua Tenente Silveira, 60) foi cedido pelo governo do Estado, sem ônus para o município. Antes a prefeitura era localizada na Conselheiro Mafra, edifício alugado há cerca de 10 anos e que continua a abrigar órgãos da prefeitura.

    Porém como não há uma sede onde se possa concentrar todos os órgãos municipais, as secretarias se dividem por mais de 12 prédios só no centro, informa o secretário de administração de Florianópolis, Constâncio Alberto Salles Maciel. O custo mensal da prefeitura com aluguel ultrapassa os R$ 100 mil, de acordo com o secretário.

    O projeto para o novo prédio já está pronto, mas falta o terreno. O Secretário de Habitação e Saneamento Ambiental afirma que desde o início da atual gestão o prefeito tem tentado construir o prédio, que englobaria o Pró-cidadão. Mas como a prefeitura definiu que o prédio deve ser construído no Centro, para facilitar o acesso dos cidadãos, não há lugar. Isso porque os terrenos que estariam disponíveis são da União, que não vende nem cede para o município.


    O projeto, sem endereço, tem um custo previsto de R$ 15 milhões e deve seguir o padrão dos prédios centrais, com 11 andares, térreo e garagem. O tempo previsto para realização é de um ano após o início das obras.

Qualidade de vida

  • Expectativa de vida: 0,797
    Índice de áreas verdes: 57%
    Mortalidade infantil: 8,5%
    Parques: 20
    Praças: 99, sendo 59 na ilha e 40 no continente
    Taxa de analfabetismo: 3,06%

    Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Saúde

  • Estabelecimentos de Saúde público: 73
    Atendimentos: federal: 5 / estadual: 14 / municipal: 54
    Leitos para internação em Estabelecimentos de Saúde público: 1.089 leitos, sendo 294 leitos federais e 795 leitos estaduais. No municipal, dados de 2005 do IBGE informam 0 leitos
    Estabelecimentos de Saúde que atendem o SUS: 105

    Fonte: IBGE 2005

Segurança

  • Polícia Civil
    Estrutura: 1 Central de Polícia, 1 delegacia de homicídio, 10 delegacias de polícia espalhadas por todos os bairros do município, 1 delegacia de proteção de turista, 1 Diretoria Estadual de Investigações Criminais, 2 sub-delegacias: ingleses, aeroporto

    Efetivo: cerca de 500

    Fonte: assessoria de imprensa Polícia Civil

    Polícia Militar
    Efetivos: 2.297 (n
    úmero reúne efetivos operacionais do 4ºBPM, 11ªGuarnição Especial, 12ª Guarnição Especial, Polícia Militar Ambiental, Polícia Militar Rodoviária e efetivo administrativos das Diretorias, Academia da Polícia Militar, Comando Geral e Assessorias Militares)

    Fonte: Centro de Comunicação da polícia Militar

Água

  • Abastecimento: 100% da população

    Número total de ligações: 78.769 ligações domiciliares

    Fonte: Casan

 

Grupo RBS

Dúvidas Freqüentes | Fale conosco | Anuncie - © 2000-2008 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.