clicRBS
Nova busca - outros
 

Diário de Santa Maria

28/07/2010 | N° 2564AlertaVoltar para a edição de hoje

TRÂNSITO

Zona Azul será mais rigorosa

Decreto reajusta preços e intensifica fiscalização

A partir de segunda-feira, a fiscalização sobre a Zona Azul ficará mais rigorosa, com a volta da taxa de R$ 10 para quem não usar corretamente os parquímetros no Centro. O preço do serviço também ficará mais caro. Um decreto assinado ontem pelo prefeito Cezar Schirmer (PMDB) e pelo secretário de Controle e Mobilidade Urbana, Sérgio Renato de Medeiros, estipula novos valores para o estacionamento pago em Santa Maria e a destinação de servidores para fiscalizar o serviço.

O objetivo é garantir a rotatividade de veículos no Centro, com um prazo máximo de duas horas para permanência nas vagas. Mas, tanto poder público quanto a Rek Parking, empresa responsável pelo serviço, admitem que o sistema não cumpria seu papel. O motivo: a falta de fiscalização.

– O serviço chegou a um nível muito ruim – declara Medeiros.

Agora, a prefeitura destinará dois fiscais exclusivos para a Zona Azul (não serão agentes de trânsito) – o número pode ser ampliado depois. Segundo o responsável pelo contrato com a Rek Parking, Silvio Souza, eles poderão aplicar penalidades aos usuários que descumprirem as novas regras (veja quadro). Além disso, a empresa retomará a taxa de R$ 10 para quem não usar corretamente os parquímetros. A cobrança, prevista no contrato, deixou de ser feita em novembro de 2006, depois que o Tribunal de Justiça do Estado a considerou ilegal. Um ano depois, o TJ julgou a ação e decidiu que a cobrança poderia ser feita. Porém, a Rek Parking não retomou a medida.

O decreto também estabelece aumento de 20% sobre o valor atual, passando de R$ 0,50 para R$ 0,60 a cada meia hora. A justificativa é que o preço era o mesmo desde que o serviço foi implantado, em maio de 2005.

Mudanças – Conforme Medeiros, por enquanto, não haverá alteração no número de vagas, que permanece em cerca de mil. O mapa da Zona Azul está sendo redesenhado pela prefeitura, que retirará o estacionamento no lado esquerdo de algumas vias, como Roque Callage, Floriano Peixoto (entre Andradas e Venâncio Aires) e André Marques (entre Venâncio Aires e Andradas) e criará novas vagas na Avenida Rio Branco, onde antes ficava o camelódromo. Para serem implantadas, as medidas dependem da chegada de materiais, como tintas.

lizie.antonello@diariosm.com.br

LIZIE ANTONELLO
MAIS
Frota
Segundo a Secretaria de Controle e Mobilidade Urbana, Santa Maria tem uma frota de 105 mil veículos registrados

 


Grupo RBSDúvidas Frequentes| Fale Conosco | Anuncie - © 2000-2014 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.